Com acordo no Irã, ação da Petrobras cai para menos de R$ 5

SÃO PAULO, 18 JAN (ANSA) - Celebrada em boa parte do mundo, a entrada em vigor do acordo sobre o programa nuclear do Irã não foi uma boa notícia para os produtores de petróleo, incluindo a Petrobras. Nesta segunda-feira (18), as ações da estatal na BM&FBovespa operam em queda, ficando abaixo dos R$ 5 pela primeira vez desde o fim de 2003.   

Por volta das 15h30, os papéis preferenciais tinham desvalorização de 3,87%, chegando a R$ 4,97. Já os ordinários caíam 3,28%, atingindo R$ 6,49. Ambos representam o menor número em 12 anos. Um dos fatores que explicam esse desempenho é a queda do preço do petróleo no mercado internacional, já que o Irã voltará a exportar o produto por conta do fim das sanções ocidentais, pressionando ainda mais um setor que já convive com oferta em excesso.   

No entanto, também pesam sobre a estatal a redução de US$ 32 bilhões em seu plano de investimentos para o período entre 2015 e 2019 e os temores quanto ao seu endividamento. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos