Talibã reivindica ataque contra Embaixada italiana em Cabul

CABUL, 18 JAN (ANSA) - Os talibãs reivindicaram nesta segunda-feira (18) um lançamento de dois mísseis contra a Embaixada da Itália em Cabul no fim da tarde deste domingo (17).   

Os objetos não chegaram a atingir o prédio, mas um deles caiu na área de cooperação italiana no país e feriu dois agentes afegãos - que foram hospitalizados e estão fora de perigo. O outro míssil foi neutralizado.   

O porta-voz do grupo, Zabihullah Mujahid, enviou uma mensagem à ANSA em Islamabad falando de uma ação que deixou "grandes perdas humanas e materiais".   

Porém, o balanço verificado no local não aponta danos expressivos. Um outro membro do grupo postou no Twitter que a "Embaixada da Itália foi atacada com mísseis". "A Itália é a nação que apoiou os Estados Unidos na invasão ao Afeganistão na qual foram mortos numerosos afegão", escreveu Habibullah Helal.   

O chefe da polícia investigativa de Cabul, Faridoon Obidi, confirmou à ANSA que "um projétil atingiu a Shash Darak Road próximo à embaixada da Itália ferindo ao menos uma pessoa. Um segundo tiro foi neutralizado".   

Para o embaixador italiano em Cabul, Luciano Pezzotti, "pela atual situação, nós não temos motivos para acreditar que se trata de um ataque direto contra nós". Segundo Pezzotti, o míssil caiu a 200 metros do prédio da Embaixada. Os italianos mantêm tropas no país e chegaram a ampliar seu efetivo no final do ano passado, quando os espanhóis anunciaram sua retirada.(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos