Homem mais velho do mundo morre aos 112 anos no Japão

TÓQUIO, 19 JAN (ANSA) - O japonês Yasutaro Koide, o homem mais velho do mundo, faleceu nesta terça-feira, dia 19, aos 112 anos em decorrência de problemas cardíacos, em um hospital em Nagoia, Japão.   


Koide, que nasceu em 1903, morreu pouco antes de seu 113º aniversário, em 13 de março.   


Ele foi reconhecido pelo Guinness World Records, o livro dos recordes, como o homem mais velho ainda vivo em agosto do ano passado.   


Em entrevista, Koide havia dito que seu segredo para uma longa vida era não beber, fumar ou cometer exageros.   


Com sua morte, o também japonês Masamitsu Yoshida, de 111 anos, se torna o homem mais velho ainda vivo. Ele nasceu no final de maio de 1904. Marca ainda precisa ser reconhecida pelo Guiness, no entanto.   


O Japão, um país conhecido por sua elevada qualidade de vida, tem cerca de 61 mil pessoas com mais de cem anos, segundo dados do governo, sendo que quase 90% são mulheres. Além disso, quase 25% dos 127 milhões de habitantes do Japão têm mais de 65 anos. A expectativa de vida no país é de 83,10 anos. No Brasil, a expectativa é 75,2 anos. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos