Com -28°C, nevascas causam morte nas estradas da Itália

CATANZARO, 20 JAN (ANSA) - A forte onda de frio que atinge na Itália não dá trégua e continua causando diversos problemas para os moradores e para aqueles que utilizam o carro como meio de transporte.   

Na região de Marcas, um homem morreu após perder o controle do veículo por causa da pista escorregadia nesta quarta-feira (20).   

Outro acidente provocado pela neve foi registrado em Montefortino (Fermo) e o motorista está em estado grave no hospital.   

Na região da Calábria, mais de 200 carros precisaram ser resgatados por panes elétricas causadas pelo excesso de frio. Já em Cosenza, o problema nas ruas e estradas é causado pela falta de sal para eliminar o excesso de gelo acumulado. Em alguns pontos, a neve atingiu cerca de 40 centímetros entre a noite de ontem (19) e hoje.   

A queda do gelo ajudou a derrubar ainda mais as temperaturas, especialmente, no norte do país. Após a região de Trentino-Alto Ádige registrar -22°C, dessa vez os termômetros atingiram -28ºC em Cinquemiglia. Já em Gran Sasso a mínima atingiu -18ºC, em Áquila ficou em -11,1ºC e em Sila bateu em -20ºC.   

Já a região de Molise, no centro-sul do país, começou a se recuperar do terremoto e das baixas temperaturas registradas desde o final de semana. Os termômetros ficaram próximos a zero e apenas 20 das 136 comunas ainda contam com escolas fechadas.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos