EI liberta 270 dos 400 reféns em Dayr az Zor, na Síria

BEIRUTE, 20 JAN (ANSA) - Os militantes do Estado Islâmico (EI, ex-Isis) libertaram 270 das 400 pessoas capturadas nos últimos dias em meio a uma ofensiva contra a cidade de Dayr az Zor, no leste da Síria. Informação foi divulgada pela ONG Observatório Nacional de Direitos Humanos. Ainda de acordo com o grupo, entre os reféns libertados estão mulheres, crianças e homens com mais de 55 anos.   

Testemunhas citadas pela Ondus disseram o EI está interrogando os homens que permaneceram sob seu controle para saber se cooperaram com as forças de Bashar al-Assad.   

Dayr az Zor, no leste do país, foi palco de violentos combates no último sábado, quando centenas de civis foram assassinados pelo Estado Islâmico durante uma ofensiva. Iraque - Enquanto isso, o EI destruiu o monastério Santo Elias, em Mossul. Com cerca de 1.400 anos, era o edifício cristão mais antigo do Iraque. A construção foi apenas mais uma vítima da destruição de locais históricos dentro do "califado", onde os militantes tentam estabelecer a sharia, a lei islâmica. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos