Mascherano é condenado a 1 ano de prisão por fraude

MADRI, 21 JAN (ANSA) - O zagueiro argentino Javier Mascherano admitiu nesta quinta-feira (21), no Tribunal de Barcelona, ser culpado pelo crime de fraude fiscal e aceitou a condenação de um ano de prisão imposta a ele, pedindo para a pena ser convertida em multa de 21 mil euros.   


Anteriormente, a defesa e a promotoria já haviam feito um acordo para que o jogador pagasse uma sanção de 816 mil euros pela não declaração de 1,5 milhão de euros recebidos como direitos de imagem entre 2011 e 2012.   


Em um primeiro momento, a procuradoria se mostrou favorável à conversão da sentença de prisão em multa, mas a Advocacia do Estado, que representa a Fazenda da Espanha, acredita que a cifra de 21 mil euros não corresponde à "capacidade econômica" de Mascherano. Devido ao impasse, o Tribunal de Barcelona preferiu adiar sua decisão, que deve ser anunciada nos próximos dias.   


"Durante toda a minha carreira, fui uma pessoa honesta e responsável. Essa situação que atravesso servirá como uma experiência a mais, da qual saio fortalecido e tranquilo pelo fato de estar novamente dentro da lei", escreveu o zagueiro em seu perfil no Twitter, destacando que foi mal assessorado por um escritório de direito.   


Além de Mascherano, outras duas estrelas do Barça, Lionel Messi e Neymar, também estão na mira da justiça da Espanha devido a acusações de fraude fiscal. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos