Sarri é suspenso por dois jogos por insultos a Mancini

ROMA, 21 JAN (ANSA) - O juiz esportivo Gianpaolo Tosel determinou a suspensão por duas partidas na Copa da Itália para o técnico do Napoli, Maurizio Sarri, pelos "pesados insultos" cometidos contra o treinador da Inter, Roberto Mancini. Ele ainda terá que pagar uma multa de 20 mil euros.   


Sarri escapou da punição mais pesada, de quatro meses de suspensão, porque sua atitude não foi considerada uma discriminação sexual contra o treinador adversário.   


O juiz esportivo tomou sua decisão com base nas referências anotadas pelos inspetores federais e na súmula da partida. O técnico foi punido "por ter, aos 47 minutos do segundo tempo, referido-se ao treinador da equipe adversária emitindo pesados insultos. A infração foi marcada pelo quarto árbitro e pelos colaboradores da Procuradoria federal".   


Já Mancini terá que pagar uma multa de 5 mil euros por ter "tido um comportamento intimidador contra o técnico adversário que o havia insultado".   


A confusão entre os profissionais ocorreu na partida entre as duas equipes pelas quartas de final da Copa da Itália, na última terça-feira (19), quando Mancini foi reclamar para o quarto árbitro de um acréscimo de cinco minutos.   


"Ele começou a me xingar, me chamando de frouxo e bicha. Pessoas assim não podem estar no futebol", declarou o técnico nerazzurro, dizendo também que o rival era "racista". Ambos foram expulsos. Após o duelo, o treinador do Napoli não negou os insultos e afirmou que alguns episódios devem ficar dentro de campo. "Fui rapidamente pedir desculpas no vestiário e agora espero que ele faça o mesmo", disse. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos