Melhor chef do mundo é achado morto na Suíça

ROMA, 1 FEV (ANSA) - O chef de cozinha Benoit Violier, considerado um dos melhores do mundo, foi encontrado morto em sua casa, em Crissier, na Suíça, ontem (31). O franco-suíço, de 44 anos, teria cometido suicídio, de acordo com as primeiras suspeitas da polícia.   


Violier comandava o restaurante do Hotel de Ville de Crissier, que possui três estrelas no guia Michelin. Em 2015, ele foi nomeado "chef do ano" pelo guia Gault & Millau e, há três semanas, obteve o título de "melhor restaurante do mundo" pela "La Liste". A polícia disse que o chef teria se matado com uma pistola, mas as causas do falecimento ainda não foram confirmadas. A morte de Violier acontece seis meses depois da de Philippe Rochat, que foi seu mentor e seu predecessor no Hotel de Ville. O chef tinha assumido a cozinha do restaurante suíço em 2012.   


(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos