Papa é indicado pela 4ª vez ao Nobel da Paz

STAVANGER, 01 FEV (ANSA) - Pelo quarto ano seguido, o papa Francisco está entre os indicados ao Nobel da Paz. Desta vez, seu nome foi levado ao comitê norueguês responsável pela honraria pelo arcebispo sul-africano Desmond Tutu, consagrado com o prêmio em 1984 por causa de sua luta contra o Apartheid.   

As indicações tinham de ser apresentadas até esta segunda-feira (1º) e também incluem a iraquiana Nadia Murad, símbolo das mulheres violentadas pelo grupo jihadista Estado Islâmico (EI), e a equipe feminina da Federação dos Ciclistas do Afeganistão, apoiada por 118 parlamentares italianos.   

Além disso, um abaixo-assinado firmado por 600 mil pessoas pede que o Nobel da Paz seja entregue aos habitantes das ilhas gregas que acolheram milhares de solicitantes de refúgio em fuga da Síria. Nos três anos anteriores, o papa Francisco era tido como um dos favoritos para levar o prêmio, mas acabou perdendo para a Organização para a Proibição de Armas Químicas (Opaq), em 2013, para o indiano Kailash Satyarthi e a paquistanesa Malala Yousafzai, em 2014, e para o Quarteto de Diálogo Nacional da Tunísia, em 2015. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos