Após Iowa, quais as etapas da corrida eleitoral dos EUA?

ROMA, 02 FEV (ANSA) - Após o primeiro caucus da corrida eleitoral para a Presidência dos Estados Unidos, os pré-candidatos democratas e republicanos voltam seus olhares para New Hampshire.   

Lá, no dia 9 de fevereiro, Hillary Clinton e Bernie Sanders poderão desempatar a disputa apertadíssima de Iowa - onde ela obteve 49,89% dos votos contra 49,54% do senador. Já entre os republicanos, Ted Cruz mostrará se está com fôlego para ganhar em mais um estado após a vitória inesperada, por 4 pontos percentuais, sobre o polêmico Donald Trump - com Marco Rubio correndo por fora.   

Confira as próximas etapas das prévias e primárias das eleições norte-americanas: - Caucus e primárias: cada estado opta por realizar primárias (40 dos 50 estados) ou caucus e cada um também define como ele será realizado. O caucus é mais "informal", onde a votação geralmente não é secreta e pode ser realizada de diversas maneiras, e as primárias têm voto secreto. Mas, a definição da votação ser aberta ou só para cadastrados varia de acordo com cada região.   

No Iowa, por exemplo, o voto não é secreto e pode ser realizado tanto por urna como apenas pela contagem de mãos erguidas em um determinado recinto, de maneira informal. Ele ocorre em outros estados menos populosos, como em Nevada, Arkansas e Wyoming.   

- 1º de março, a "Super Terça": Após a disputa em New Hampshire, o dia mais importante das primárias é a "Super Terça" no dia 1º de março. Nesta data, 15 estados votarão nas primárias, entre eles os importantes Texas e Virgínia. É a etapa mais decisiva na qual emergem os pré-candidatos destinados a vencer a nomeação de seus respectivos partidos.   

- Primárias em março, abril e junho: Após a "Super Terça", outros importantes estados começam a realizar suas votações: no dia 8 de março, há pleito em Michigan, no dia 15 de março há a definição dos vencedores nos estados-chave da Flórida, Illinois, Carolina do Norte e Ohio.   

Em Nova York, Pensilvânia e Califórnia, que estão entre aqueles que mais tem direito a delegados, as primárias ocorrem nos dia 19 de abril, 26 de abril e 7 de junho, respectivamente.   

O último voto é dato no distrito de Columbia, onde fica a capital Washington, no dia 14 de junho.   

- Convenções: As convenções são, finalmente, o encontro em que os delegados democratas e republicanos escolhidos na série de primárias e caucus pelo país decidem quem serão os candidatos oficiais de cada partido. A convenção republicana está marcada entre os dias 18 a 21 de julho, na Quicken Loans Arena de Cleveland, no estado de Ohio.   

Já a dos democratas está agendada para os dias 25 a 28 de julho no Wells Fargo Center da Filadélfia, na Pensilvânia.   

- O dia da eleição: No dia 8 de novembro, os norte-americanos vão enfim definir quem será o substituto de Barack Obama. Porém, os eleitores não escolhem diretamente o nome do vencedor, mas votam em outros delegados indicados pelo partidos que representarão a legenda no Colégio Eleitoral.   

Os eleitores ainda renovam seu Congresso: elegem todos os novos políticos da Câmara dos Representantes e um terço do Senado. Em alguns estados, vota-se também no novo governador.   

- O dia da posse: A data fixada para que o novo presidente assuma seu posto é o dia 20 de janeiro. Neste dia, o eleito presta juramento e faz o tradicional desfile ao longo da Pennsylvania Avenue, a principal rua que liga o Capitólio, sede do Congresso, e a Casa Branca, sede presidencial. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos