Papa diz que mundo não deve temer o crescimento da China 2

CIDADE DO VATICANO, 2 FEV (ANSA) - Em declarações à imprensa asiática, o papa Francisco disse que o mundo não deve temer o rápido crescimento da China.   

Em entrevista concedida ao "Asia Times", o Pontífice disse que os chineses passam por um momento importante e pediu esperança, paz e reconciliação ao invés de guerra.   

"Para mim, a China sempre foi uma referência de grandeza. Um grande país. Mas, mais que um país, uma grande cultura, com uma grande sabedoria. Eu admiro a China", disse.   

Francisco também felicitou o povo chinês e o presidente Xi Jinping pelo Ano Novo Chinês. Diplomacia - A entrevista acontece em meio à reaproximação entre a Igreja Católica e a China, após a nomeação de novos bispos pela primeira vez em cerca de três anos O Vaticano tenta se reaproximar e normalizar as relações diplomáticas com a China, interrompidas em 1951 por causa do reconhecimento da Santa Sé à independência de Taiwan.(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos