UE apresenta proposta para manter Reino Unido no bloco

BRUXELAS E LONDRES, 02 FEV (ANSA) - O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, divulgou nesta terça-feira (2) sua proposta para evitar que o Reino Unido saia da União Europeia. O órgão que ele comanda reúne os líderes de todos os países do bloco.   

Entre outras coisas, o texto fala em "proteger os direitos" dos Estados-membros que não fazem parte da zona do euro - caso do Reino Unido -, mas exclui a possibilidade de essas nações terem poder de veto sobre decisões ligadas à área da moeda comum.   

Para dar mais autonomia a Londres, Tusk propõe que os países integrantes do bloco possam "interromper a análise de uma proposta legislativa europeia" se um determinado número de parlamentares nacionais assim quiser. Além disso, os britânicos não serão obrigados a aumentar sua integração política com Bruxelas.   

"O rascunho dos documentos de renegociação com a UE mostram um verdadeiro progresso em todas as áreas onde o Reino Unido precisa de mudanças, mas ainda há mais trabalho para fazer", escreveu no Twitter o primeiro-ministro David Cameron. A proposta de Tusk também estabelece que os imigrantes provenientes de outros países da União Europeia não tenham mais acesso imediato a todos os benefícios do sistema de bem-estar social britânico.   

Ainda neste ano, o premier deve convocar um referendo para que o povo decida sobre a permanência do Reino Unido no bloco. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos