Multidão recebe corpo de padre Pio no Vaticano

FOGGIA, 3 FEV (ANSA) - O corpo de padre Pio chegou nesta quarta-feira (3) ao Vaticano para ficar exposto ao público, a pedido do papa Francisco.   

Durante todo o trajeto até Roma, o corpo de padre Pio foi aplaudido pelo público nas ruas, apesar das más condições climáticas em Roma. A exposição faz parte dos eventos do Ano Santo Extraordinário, conhecido como Jubileu, que durará até novembro de 2016 e foi convocado pelo Papa para promover a misericórdia.   

Além do corpo do padre Pio, também ficará em exposição o de São Leopoldo. O objetivo é ressaltar o papel dos dois santos confessores neste Ano da Misericórdia e apresentá-los como exemplos a missionários. Acredita-se que padre Pio tenha confessado mais de dois milhões de pessoas. Já o padre Leopoldo, da mesma forma, passou grande parte de sua vida dentro do confessionário.   

Padre Pio foi um sacerdote italiano, cujo nome verdadeiro era Francesco Forgione, nascido em 23 de setembro de 1887. Membro da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos, ele era conhecido por sua capacidade de curar doentes. Sua fama fez com que também recebesse críticas e denúncias de ser um impostor, principalmente porque gerenciava grandes quantidades de dinheiro e apresentava comportamentos de insubordinação. Entre os anos 1922 e 1933, o Vaticano publicou cinco decretos alertando o público sobre o padre Pio, restringindo-o de ouvir confissões e celebrar missas. Em 1953, no entanto, o papa Pio XII, um dos principais defensores do padre Pio, retirou-lhe da obrigação de se reportar a superiores e o autorizou a prosseguir seus trabalhos para a construção de um hospital, inaugurado três anos depois. Ainda em vida, era venerado popularmente, o que impulsionou seu processo de canonização, em 2002, pelo papa João Paulo II. E foi justamente o polonês Karol Wojtyla um dos personagens de uma história envolvendo o sacerdote. "Você será Papa, mas vejo sangue e violência em você", teria dito Pio ao futuro Pontífice.   

Em Roma, o corpo de padre Pio ficará exposto, num primeiro momento, na Igreja dos Capuchinhos, a de San Lorenzo al Verano.   

Depois, seguirá para a Igreja San Salvatore in Lauro e por fim, a Basílica de São Pedro.   

A expectativa pela chegada do corpo é tão grande que estão previstas diversas celebrações: no dia 4, na Igreja de San Salvatore, missas às 22 horas, à meia-noite, às 3, 6, 8, 10, 12 e 14 horas. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos