Pyongyang anuncia lançamento de satélite e gera críticas

SEUL, 3 FEV (ANSA) - A Coreia do Norte anunciou ontem (2) de maneira formal que lançará um foguete espacial entre os próximos dias 8 e 25 para colocar um satélite em órbita. A notícia, porém, despertou críticas da comunidade internacional, que teme as intenções do regime de Pyongyang, o qual afirma ter produzido uma bomba nuclear de hidrogênio. Um dia após o anúncio oficial, divulgado pela Organização Marítima Internacional (OMI), a Coreia do Sul disse que o país vizinho poderá sofrer "graves consequências" se não abandonar o projeto. A China também demonstrou preocupação através de uma declaração do porta-voz do Ministério das Relações Exeriores, Lu Kang.   

"Esperamos que a Coreia do Norte pare e adote ações mais cautelosas, que não aumentem a tensão na península coreana", disse Lu. Enquanto Pyongyang garante que se trata de um programa espacial exclusivamente científico com um satélite de observação terrestre, a comunidade internacional afirma que os lançamentos são testes de mísseis balísticos camuflados. O anúncio do lançamento espacial ocorre menos de um mês de Pyongyang dizer ao mundo que testou uma miniatura de bomba nuclear de hidrogênio, cujos efeitos são muito mais potentes que uma produzida por urânio.   

O ato fez com que o Conselho de Segurança das Nações Unidas se reunisse para analisar novas sanções ao país, acusado de violar resoluções da organização contra proliferação de armas nucleares. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos