Brasil tem sido 'muito transparente' sobre zika, diz OMS

ROMA, 04 FEV (ANSA) - O porta-voz da Organização Mundial da Saúde (OMS), Christian Lindmeier, afirmou à ANSA nesta quinta-feira (4) que o Brasil tem sido "muito transparente" na troca de informações sobre o vírus zika e negou que existam perigos de "bloqueio" a pesquisas internacionais.   


Autoridades sanitárias dos Estados Unidos e da Organização das Nações Unidas (ONU) haviam dito que o país não está compartilhando amostras do vírus suficientes para o desenvolvimento de pesquisas no exterior sobre a ligação entre o zika e casos de microcefalia e para a criação de exames, remédios e vacinas.   


"Temos todos os dados necessários sobre o vírus e não há nada que bloqueie os estudos. De fato, os países não precisam transferir amostras do vírus, mas sim compartilhar os resultados das pesquisas, e é isso o que estão fazendo os institutos brasileiros", garantiu Lindmeier.   


Além disso, o porta-voz acrescentou que o Brasil tem sido "muito transparente" ao passar para a OMS todas as informações necessárias desde maio de 2015, por meio de seu escritório regional para as Américas, a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas).   


"O compartilhamento do vírus em si não é necessário, a partir do momento em que ficou provado que o zika atual é muito similar, ou até igual, ao vírus identificado na Polinésia Francesa", ressaltou. A ligação entre o zika e a microcefalia (má formação cerebral em fetos) fez com que a OMS declarasse estado de emergência internacional contra a disseminação do vírus, que é transmitido pelo mosquito Aedes aegypti, o mesmo da dengue.   


Além do Brasil, mais de 20 países e territórios da América já registraram casos de zika, incluindo uma transmissão por via sexual nos Estados Unidos. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos