Naufrágios no mar Egeu matam 35 pessoas; 11 são crianças

ISTAMBUL, 08 FEV (ANSA) - Os corpos de 11 crianças foram resgatados no mar Egeu após o naufrágio de um barco de imigrantes na baía turca de Edremit, nos arredores da ilha grega de Lesbos.   

O balanço foi divulgado pela agência de notícias "Dogan", que diz que a tragédia deixou, ao todo, 24 mortos. Considerando as 11 vítimas de um acidente semelhante ocorrido pouco antes na mesma região, a quantidade de vidas perdidas nesta segunda-feira (8) no Egeu chega a 35.   

No entanto, o número pode aumentar nas próximas horas, já que 12 pessoas ainda estão desaparecidas. A travessia marítima entre Turquia e Grécia é a rota mais usada pelos solicitantes de refúgio que saem do Oriente Médio, principalmente da Síria, em busca de proteção na Europa.   

Apenas em 2016, mais de 68 mil imigrantes desembarcaram nas ilhas gregas, enquanto outros 284 morreram tentando - sem contar os 35 desta segunda-feira. Os que conseguem cumprir o trajeto em segurança continuam a viagem através dos Bálcãs, até chegar à parte mais rica da União Europeia, como à Alemanha, onde pedem refúgio.   

Fome - Outra tragédia desta segunda ocorreu em uma estação de ônibus de Adana, no sul da Turquia, onde uma bebê síria de um ano chamada Garam foi encontrada morta. A pequena fugira de Aleppo com a mãe e percorrera uma distância de 100 km para escapar da guerra no país árabe, mas não resistiu à fome e ao frio do inverno boreal.   

O corpo de Garam foi levado ao Instituto Médico Legal de Adana para ser submetido a uma autópsia. Já a mãe da menina, Nesrin Berdos, de 33 anos, está em estado de choque. Ela, a filha e outros familiares pretendiam pegar um ônibus para Istambul. Nos últimos dias, milhares de pessoas deixaram Aleppo por conta dos ataques russos contra grupos rebeldes e do avanço das forças do regime de Bashar al Assad. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos