Yellen demonstra cautela com aumento de juros nos EUA

NOVA YORK, 10 FEV (ANSA) - A presidente do Federal Reserve, Janet Yellen, afirmou nesta quarta-feira (10) que há preocupações com a desaceleração da economia mundial e admitiu que o cenário poderá levar o banco central norte-americano a abrandar o ritmo de aumento dos juros. "A evolução econômica global supõe riscos para o crescimento dos Estados Unidos", disse Yellen em um texto apresentado ao Congresso antes de uma audição sobre a situação da política monetária. Ela também destacou que as incertezas sobre a política cambial na China aumentam a volatilidade dos mercados, assim como a queda de ações e o aumento do dólar, fatores que, de acordo com a titular do Fed, "podem pesar na atividade econômica e no mercado de trabalho". "É claro que a política monetária, de jeito nenhum, está em um curso predefinido". O FED aumentou ligeiramente a taxa de juros nos EUA em dezembro, depois de quase uma década de taxa inalterada, em uma indicação da recuperação econômica. Uma nova reunião acontecerá em março. "O comitê prevê que as condições econômicas evoluam de tal forma que apenas se requer uma alta gradual das taxas", disse Yellen. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos