Após escândalo de doping, Nestlé rompe contrato com Iaaf

SÃO PAULO, 11 FEV (ANSA) - Seguindo o exemplo da marca de material esportivo Adidas, a multinacional de alimentos e bebidas Nestlé rescindiu seu contrato de patrocínio com a Federação Internacional de Atletismo (Iaaf, na sigla em inglês) por conta do escândalo de doping e corrupção na entidade.   


A informação é da rede britânica "BBC", que diz que a decisão da companhia suíça tem "efeito imediato". "Nós decidimos encerrar nossa parceria com o programa de atletismo infantil da Iaaf. A decisão foi tomada por causa da publicidade negativa associada às acusações de corrupção e doping feitas contra a Iaaf", afirma um comunicado da Nestlé.   


Segundo a multinacional, o escândalo poderia causar impactos negativos na sua reputação. O contrato estava em vigor desde 2012. Já o presidente da federação, Sebastian Coe, citado pela "BBC", disse estar "irritado e consternado" com o rompimento do vínculo. "Nós não vamos aceitar isso. São as crianças que vão sofrer", declarou.   


Um relatório de novembro da Agência Mundial Antidoping (Wada, na sigla em inglês) denunciou uma rede de fornecimento de substâncias ilícitas para esportistas e de fraude em exames patrocinada pela Federação de Atletismo da Rússia (Araf) e pelo próprio Estado.   


O então presidente da Iaaf, Lamine Diack, está sendo investigado por suspeita de ter recebido propinas para encobrir o suposto esquema russo. Além disso, um segundo relatório da Wada o acusa de corrupção na gestão da federação. Por conta disso, em janeiro passado, a Adidas decidiu romper seu contrato de patrocínio com a entidade. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos