Líder opositor russo é agredido por torta e dúzias de ovos

SÃO PAULO, 11 FEV (ANSA) - O líder opositor russo, Mikhail Kasyanov, foi agredido com "dúzias de ovos" nesta quinta-feira (11) ao dar uma entrevista para jornalistas na cidade de Vladimir, informou a agência de notícias Tass.   

Kasyanov foi primeiro-ministro russo entre os anos de 2000 e 2004 e ministro das Finanças entre 1999 e 2000 e o grupo que protestava contra o político pedia para que ele "deixasse o país" imediatamente.   

Líder do Partido da Liberdade do Povo, o russo faz forte oposição ao presidente Vladimir Putin e pertence a mesma sigla de Boris Nemtsov, o opositor que foi morto em fevereiro do ano passado.   

Esse é o segundo "ataque" em menos de 48 horas contra Kasyanov.   

Ontem (10), um homem jogou uma torta contra o político assim que ele saiu de um restaurante com sua namorada. Ambos os incidentes foram registrados na polícia.   

Segundo a Tass, o porta-voz do governo russo, Dmitri Peskov, condenou o incidente com o bolo dizendo que o fato é "inaceitável". (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos