25ª rodada da Série A marca volta da Juventus à liderança

SÃO PAULO, 15 FEV (ANSA) - Demorou 25 rodadas, mas a Juventus, atual tetracampeã italiana, assumiu no último fim de semana a liderança da Série A. O resultado que levou a Velha Senhora de volta ao lugar em que terminou as quatro temporadas anteriores foi o 1 a 0 sobre o Napoli, que agora deverá mostrar uma força que nenhum outro time parece ter para evitar o penta bianconero.   


Após um começo ruim - três vitórias em 10 jogos -, a Juve engatou uma sequência de 15 triunfos consecutivos, um número jamais alcançado em toda a sua história na primeira divisão, e, com uma equipe cada vez mais sólida depois das saídas de Tevez, Vidal e Pirlo, galgou posições até o assalto final à liderança.   


O Napoli também vinha de uma série invicta inédita - oito vitórias - e tem a sua melhor chance de levantar o Scudetto pela primeira vez desde 1990, quando ainda era liderado por Diego Maradona. O "Pibe" da vez é o também argentino Gonzalo Higuaín, mas o centroavante parou na defesa da Juventus, permitindo a troca de posições na ponta da tabela.   


Se ganhasse, o Napoli abriria cinco pontos de vantagem, porém o golaço do reserva Zaza deixou os partenopei com um a menos do que a Velha Senhora. A vitória bianconera também destacou a força de seu elenco, ainda que os titulares Dybala e Pogba continuem como seus grandes destaques até aqui. A segurança de Buffon no gol, a solidez de zagueiros como Chiellini e a qualidade dos meio-campistas Marchisio, Cuadrado e Khedira também colocam a Juventus como grande favorita para vencer a Série A.   


Nas próximas duas rodadas, o Napoli terá de recuperar o vigor de seu ataque para não ver a liderança ficar mais longe: enquanto recebe um Milan em ascensão e visita a terceira colocada Fiorentina, a Juve encara o Bolonha fora e tem o Derby D'Italia com a Inter de Milão em Turim.   


Há algumas semanas, esse duelo poderia ser visto com mais equilíbrio, mas a decadência nerazzurra nas últimas rodadas - caiu do primeiro para o quinto lugar - indica uma clara vantagem para os comandados de Massimiliano Allegri.   


Champions - Se a luta pelo título parece restrita a Juventus e Napoli, a briga pelo terceiro lugar, o último que dá vaga para a Liga dos Campeões da Europa, esquentou com o crescimento do Milan. Apenas seis pontos separam a Fiorentina (49) do time rossonero (43), que vem de sete jogos sem derrota. Entre eles estão Roma (47) e Inter de Milão (45).   


Na parte de baixo da tabela, o lanterna Hellas Verona, com apenas uma vitória em 25 jogos, está a 10 pontos do Genoa, primeiro time fora do "Z-3", e está condenado ao rebaixamento. O novato Carpi, com 19 pontos, parece se encaminhar para o mesmo destino.   


Entre os três últimos colocados, somente o Frosinone deu sinais de recuperação na 25ª rodada, com uma vitória por 2 a 1 sobre o Empoli, chegando a 22. Logo acima, os rivais de Gênova, Genoa e Sampdoria, com 25, namoram há tempos a zona da degola, mas até aqui resistem graças à falta de poder de fogo dos que estão mais embaixo. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos