Atual técnico da Roma critica demissão de antecessor

ROMA, 16 FEV (ANSA) - O atual técnico da Roma, Luciano Spaletti, criticou nesta terça-feira (16) a demissão de seu antecessor no cargo, Rudi Garcia, e classificou a decisão como um "erro".   


"A Roma estava atravessando um momento difícil e decidiu mudar.   


Acredito que eles erraram. O treinador não se discute por qualquer resultado ruim, é preciso esperar. É claro que um presidente deve proteger sua marca, mas na Itália há muita troca de técnico", ressaltou o toscano ao jornal espanhol "As". Para Spaletti, é preciso "sempre dar força a um técnico" mesmo em momentos de crise.   


O técnico ainda foi questionado sobre o fato de manter o ídolo e "capitão" da equipe, Francesco Totti, no banco de reservas com frequência. Sobre isso, Spaletti afirmou que "treino a equipe e não apenas Totti" sendo que "meu objetivo principal é ter resultados e escolho o time em função disso".   


"Minha relação com ele é perfeita. Francesco é um jogador que ilumina a parte ofensiva, mas depende também do adversário se posso usar sua qualidade", ressaltou.   


Amanhã (17), a equipe da capital italiana encara o Real Madrid pela Liga dos Campeões da Europa. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos