Pais de Neymar irão depor à Justiça no Brasil em março

SÃO PAULO, 16 FEV (ANSA) - Os pais do atacante Neymar, Nadine e Neymar Silva, irão prestar depoimento à Justiça Federal do Brasil nos dias 14 e 16 de março para explicar o suposto caso de fraude e corrupção na transferência do jogador para o Barcelona em 2013, informou o jornal "Folha de São Paulo".   


As audiências foram um pedido das autoridades espanholas e o depoimento será dado através de carta rogatória, um documento utilizado em casos de cooperação internacional.   


Segundo o periódico, além da família do atleta, os ex-presidentes do Santos Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro e Odílio Rodrigues e o atual mandatário Modesto Roma Júnior também serão ouvidos pela Justiça.   


Os depoimentos ocorrerão pouco mais de um mês após Neymar e seu pai terem prestado depoimento à Audiência Nacional da Espanha para se defender. No dia 2 de fevereiro, Neymar pai e filho ficaram por mais de uma hora perante aos juízes - de maneira separada - para explicar a negociação. No depoimento, Neymar Silva isentou o filho de culpa e disse que se houve algum erro, foi ele quem cometeu de maneira não intencional.   


Além das pessoas ligadas ao jogador e ao Santos, também são investigados o ex-presidente do Barcelona Sandro Rosell e o atual, Josep Maria Bartomeu, pelo crime de fraude e corrupção.   


Quando foi anunciado, o time catalão afirmou ter pago 17,1 milhões de euros pelo craque brasileiro quando, na realidade, a negociação custou mais de 80 milhões de euros. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos