Taylor Swift, Lady Gaga e Adele são destaques no Grammy

NOVA YORK, 16 FEV (ANSA) - A 58ª edição do Grammy, o Oscar da indústria musical, teve como sua grande vencedora na noite da última segunda-feira, dia 15, a cantora Taylor Swift, que levou o prêmio de álbum do ano por "1989". A premiação também foi marcada pelas apresentações de Lady Gaga, com uma emocionante homenagem a David Bowie, e pela aparente desafinação de Adele no palco.   


A primeira mulher a levar o prêmio mais importante da noite pelo segundo ano consecutivo, Swift aproveitou a ocasião para alfinetar o rapper Kanye West, com quem tem uma longa história de desavenças e que a desrespeitou em uma música de seu novo CD "The Life of Pablo". "Para todas as jovens mulheres por aí: existirão pessoas que tentarão diminuir seu sucesso e levar crédito por suas realizações ou sua fama", disse.   


"Mas se vocês focarem no seu trabalho e não deixarem essas pessoas te atrapalharem, um dia quando chegarem onde estão indo, olharão ao redor e perceberão que são vocês e as pessoas que as amam que as colocaram lá", concluiu sobre a letra em que Kanye diz que a fez ficar famosa.   


Swift ainda levou os prêmios de melhor disco de vocal pop e o clipe da música "Bad Blood" foi o escolhido o melhor do ano.   


Outros grandes ganhadores da noite foram o rapper Kendrick Lamar, que apesar de não levar nenhum dos principais prêmios, ganhou cinco estatuetas. Ele concorria em 11 categorias.   


A banda Alabama Shakes levou quatro gramofones dourados e a música "Uptown Funk", uma parceria entre o produtor Mark Ronson e o cantor Bruno Mars, foi escolhida a melhor gravação do ano.   


Gaga, por sua vez, foi muito elogiada com a homenagem de cerca de seis minutos ao "Camaleão do Rock". Fã assumida do rock star morto em janeiro aos 69 anos, a cantora fez um mix com seus maiores sucessos, como "Space Oddity", "Changes", "Rebel Rebel", entre outros, e conseguiu reproduzir as diferentes fases de sua carreira no palco.   


A também muito esperada performance da cantora britânica Adele, que quebrou diversos recordes com seu novo álbum "25", também chamou atenção, mas por motivo diverso. Um erro, que pareceu uma desafinação, foi um dos maiores destaques da noite e foi muito comentado pelos internautas.   


"Os microfones do piano caíram sobre as cordas do instrumento, esse que foi o som que parecia um violão. Isso fez parecer fora de sintonia. Merdas acontecem. Por causa disso, aliás... Eu estou me fazendo um agrado com um In n Out [hambúrguer]. Então talvez tenha valido a pena", disse, em sua conta no Twitter. O disco "Made in Brazil", da pianista brasileira Eliane Elias, que mora atualmente em Nova York, venceu na categoria de melhor álbum de jazz latino. "Muito obrigada por seu apoio sem fim. Amo todos vocês", disse a artista em sua conta no Facebook. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos