OCDE rebaixa previsão de crescimento da Itália e do Brasil

PARIS, 18 FEV (ANSA) - A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) piorou as projeções de crescimento da economia mundial em 2016.   

Em relatório divulgado nesta quinta-feira (18), o órgão rebaixou a expansão para o Produto Interno Bruto (PIB) da Itália para 1% - uma queda de 0,4% em relação a estimativa anunciada em novembro do ano passado. Para 2017, a OCDE confirmou a estimativa de crescimento de 1,4%.   

Já o Brasil tem destaque negativo e apresentou uma das piores análises do documento, com uma queda de 4% em 2016 e a estagnação econômica para 2017.   

Os países que compõem a zona do euro também apresentarão números piores: alta de 1,4% e 1,7% em 2016 e 2017, respectivamente, 0,4% e 0,2% menos do que o último relatório.   

Para o mundo, a OCDE rebaixou a previsão de crescimento para 3% em 2016 e para 3,3% em 2017 em vista de dados "decepcionantes" apresentados recentemente pelos países. Os números são 0,3% menores do que o relatório apontava em novembro. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos