Barack Obama aprova novas sanções contra Coreia do Norte

WASHINGTON, 19 FEV (ANSA) - O presidente norte-americano, Barack Obama, aprovou na última quinta-feira, dia 18, novas sanções contra a Coreia do Norte após provocações nucleares de Pyongyang.   

A medida foi tomada após um suposto teste nuclear de Pyongyang e o lançamento de um satélite por meio de um foguete de longo alcance, considerado uma "provocação" do regime ditatorial de Kim Jong-um. A norma, que já passou pela aprovação do Congresso, é ainda mais dura do que a autorizada pela Câmara dos Representantes no mês passado, após supostos testes com uma bomba de hidrogênio. As novas sanções têm como objetivo limitar a capacidade de Pyongyang de obter os fundos necessários para desenvolver seu programa nuclear e seu sistema de lançamento de mísseis. O governo da China, aliado da Coreia do Norte, expressou sua preocupação sobre as medidas, temendo que afete ainda mais a já combalida economia do país. "Nós acreditamos que é impossível resolver quaisquer questões de tensão com medidas simples de sanção ou pressões", apontou o representante da Chancelaria de Pequim, Hong Kei. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos