Premier italiano diz torcer por Hillary em eleições nos EUA

ROMA, 22 FEV (ANSA) - O primeiro-ministro da Itália, Matteo Renzi, confessou nesta segunda-feira (22) que torce para Hillary Clinton vencer as eleições presidenciais dos Estados Unidos.   

A declaração foi dada em Roma, durante entrevista à imprensa estrangeira. "Se falo como presidente do Conselho [dos Ministros], trabalharemos com quem quer que for eleito. Se falo como cidadão e secretário do PD [Partido Democrático], digo que, respeitando a grande democracia americana, eu torço por Hillary Clinton", declarou o premier.   

Atualmente, a ex-secretária de Estado é a favorita para ser a candidata democrata à Casa Branca, apesar do crescimento do senador Bernie Sanders, e até mesmo para ganhar a batalha contra o escolhido pelo Partido Republicano. No entanto, Hillary, política fortemente ligada ao establishment e apoiada por Wall Street, tem tido dificuldade para emplacar seu discurso entre os mais jovens.   

A ex-primeira-dama e Sanders voltarão a se enfrentar no próximo sábado (27), na primária da Carolina do Sul, onde ela é cotada para vencer com ampla vantagem. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos