PUBLICIDADE
Topo

Umberto Eco era um 'homem supremo e completo', diz Sgarbi

23/02/2016 13h04

ROMA, 23 FEV (ANSA) - A diretora de cinema Elisabetta Sgarbi, que é responsável também pela editora que lançará o último livro de Umberto Eco, afirmou que o escritor italiano era um homem "supremo e completo".   


"Perdemos uma grande personalidade do século passado e desse início de século. O qual tinha uma grandeza que ainda temos muita coisa para aprender. Ele era um homem supremo e completo", ressaltou a diretora. O livro "Pape Satan Aleppe - Crônicas de uma Sociedade Líquida" será lançado no dia 26 de fevereiro pela editora La Nave di Teseo, co-fundada por Eco e outros escritores italianos. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.