Sobe para 6 o número de vítimas do mau tempo na Itália

ROMA, 29 FEV (ANSA) - A forte onda de mau tempo que atingiu a Itália durante o final de semana causou, ao menos, a morte de seis pessoas, informaram as autoridades nesta segunda-feira (29). O falecimento de um homem de 50 anos, que não entrou na estatística, ainda está sendo investigado.   

Nesta segunda, uma mulher de 50 anos foi encontrada morta após uma grande quantidade de neve cair por um monte e arrastar dezenas de pedras, atingindo a mulher de Novara na cabeça.   

Segundo a Defesa Civil, três mortes foram causadas pela queda de árvores em Reggio Calabria. Já outro falecimento foi provocado pela queda de telhas em Cosenza e mais uma pessoa morreu em Verona, onde o carro em que ela estava foi arrastado para o rio pela força das chuvas.   

Além das vítimas, os temporais deixaram dezenas de feridos no norte da Itália, sendo que grandes volumes de neve estão ainda sendo registrados em Piemonte e em Trentino Alto-Ádige. Nesta última localidade, em Val di Fassa, um grupo de esquiadores chegou a ser soterrado pela neve, mas todos foram recuperados com vida.   

Já no sul, os ventos chegaram a atingir 135 quilômetros por hora em Cosenza e interromperam o tráfego marítimo do porto de Gioia Tauro. Também foram interrompidas as travessias entre Nápoles, Capri e Ischia. Em Veneza, cerca de 8% de área não alagada da cidade foi atingida, tendo a água alcançado o pico de 25 centímetros de altura na Piazza San Marco, a principal da cidade.   

A previsão do tempo afirma que a situação deve melhorar até quinta-feira (03), quando uma nova onda de mau tempo atingirá o país. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos