Cuba registra primeiro caso de zika, informa governo

HAVANA, 3 MAR (ANSA) - O Ministério de Saúde de Cuba anunciou o primeiro caso de zika no país, se trata de uma médica vinda da Venezuela, um dos países mais afetados pelo surto na região.   

A mulher, de 28 anos, chegou na ilha no último dia 21 para fazer uma pós-graduação na área médica e apresentou os primeiros sintomas logo em seguida. Ela está internada em um hospital na capital, Havana, e seu estado de saúde não é considerado grave.   

Em comunicado, o Ministério ainda informou que o marido da venezuelana havia contraído o vírus há cerca de dois meses e que seu cunhado também manifestou sintomas poucas semanas antes de sua ida a Cuba.   

Recentemente, o presidente Raúl Castro anunciou um reforço na luta contra o mosquito Aedes aegypti, que também transmite a dengue, com a mobilização de um contingente de 9 mil soldados.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos