Pontos turísticos da Itália registram infestação de ratos

ROMA, 02 MAR (ANSA) - Uma infestação de ratos atingiu o Fórum Romano e as instalações do palácio Massimo, onde fica o Museu Nacional de Roma, informaram funcionários nesta terça-feira (02).   


Segundo o superintendente de Bens Arqueológicos da capital italiana, Francesco Prosperetti, a bilheteria dos dois locais foi fechada hoje para que uma dedetização fosse realizada.   


"Um rato ficou preso no vão do telhado e o funcionário que estava em serviço viu sangue cair sobre sua mesa. Ontem, precisamos enfrentar essa emergência. É um grande problema que não conseguimos enfrentar e que causou protestos de sindicatos no palácio Massimo", destacou Prosperetti.   


Para o superintendente, a invasão de roedores "é um problema de toda Roma". Segundo o representante, houve um aumento no número de ratos no palácio após "os trabalhos que estão sendo efetuados na via D'Azeglio, que está sendo escavada". Já no Fórum Romano, "estamos investigando" porque "a área em que a bilheteria está posicionada ficou, por muito tempo, sem a presença humana".   


No ano passado, no mês de julho, outro ponto turístico da "cidade eterna" foi tomada por ratos. A Fontana Di Trevi registrou uma grande quantidade de roedores durante as obras de restauração, que terminaram em novembro de 2015. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos