Carson abandona disputa republicana pela Casa Branca

WASHINGTON, 04 MAR (ANSA) - Após ter liderado as pesquisas para as primárias republicanas durante um breve período de tempo, o ex-neurocirurgião Ben Carson anunciou nesta sexta-feira (4), na véspera de quatro prévias, sua retirada da disputa pela Presidência dos Estados Unidos.   

Participando da Conferência de Ação Política Conservadora, em Maryland, Carson disse que há muitas pessoas que o amam, mas que não votarão nele. "Porém eu continuarei bastante envolvido na tentativa de salvar nossa nação", afirmou. Ele já havia indicado sua desistência na última quarta-feira (2), após desempenhos ruins nas primárias da "Super Terça".   

Em 15 estados que realizaram suas prévias até aqui, o melhor resultado que o ex-neurocirurgião conseguiu foi um quarto lugar que lhe rendeu três delegados em Iowa, que abriu o calendário eleitoral norte-americano.   

Único negro nas primárias, Carson era um dos mais conservadores na briga pela indicação do Partido Republicano. Entre outras coisas, ele questiona a teoria da evolução e a culpa do homem no aquecimento global e é contra os direitos dos homossexuais, além de criticar muçulmanos e imigrantes.   

Em outubro passado, chegou a liderar as pesquisas nacionais entre os candidatos da legenda, mas logo foi eclipsado pelo fortalecimento de Donald Trump, que permanece na disputa ao lado dos senadores Ted Cruz e Marco Rubio e do governador de Ohio, John Kasich. Até o momento, o ex-neurocirurgião não anunciou quem apoiará daqui para frente. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos