Corrupção chegou a níveis altos com Lula, diz Transparência

Por Sarah Germano SÃO PAULO, 4 MAR (ANSA) - O presidente da ONG Transparência Internacional, o peruano José Ugaz, elogiou a Operação Lava Jato, que investiga o esquema de corrupção dentro da Petrobras, e disse que ao chegar ao nome do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a corrupção atingiu os níveis mais altos no Brasil.   


Ugaz disse, em entrevista à ANSA Brasil, que, caso seja comprovada a ligação de Lula no escândalo, irá confirmar "os enormes níveis de penetração da corrupção" no Brasil. De acordo com ele, este é um dos maiores casos de corrupção já registrados na história da América Latina. "Estamos satisfeitos de ver que nas investigações em curso nenhum atual ou ex-político está sendo considerado muito poderoso ou intocável pelas autoridades investigativas", acrescentou. Segundo Ugaz, o juiz Sergio Moro e sua equipe são "profissionais corajosos que estão fazendo seu trabalho para acabar com a impunidade" no país.   


O especialista destacou, no entanto, que é preciso garantir que este não seja um caso pontual, mas que existam mudanças estruturais profundas. "Certamente, o que acontece no Brasil serve de esperança para a região" latino-americana, umas das mais afetadas pela corrupção e a impunidade em todo o mundo. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos