Novo estudo mostra possível elo entre zika e microcefalia

MILÃO, 4 MAR (ANSA) - Mais um indício sobre a ligação entre o vírus zika e a microcefalia em bebês foi descoberto. Desta vez, experimentos em células cultivadas em laboratório demonstraram que o vírus atinge duramente as células estaminais do córtex cerebral, bloqueando a sua multiplicação ou até mesmo causando a sua morte.   

O achado, que pode abrir as portas para a pesquisa de novos remédios, foi publicado na revista "Cell Stem Cell" da Johns Hopkins University em colaboração com a Florida Stare University e a Emory University.   

De frente com a ameaça sempre mais forte e preocupante do zika, os pesquisadores pensaram em unir forças, dando origem a um "força-tarefa" para observar de perto o comportamento do vírus.   

Os cientistas fizeram, então, um estudo "relâmpago", conduzido em um mês, nas células humanas cultivadas em laboratório. Eles puderam, assim, observar que o zika atinge diretamente um tipo específico de células estaminais do cérebro, que dão origem ao córtex cerebral.   

O vírus infecta essas células em um período de cerca de três dias e as utiliza como "refúgio" para poder se replicar. Desse modo, ele interfere incisivamente com o ciclo de vida das células, bloqueando a sua multiplicação ou induzindo a sua morte.   

"Estes resultados podem ser de grande ajuda para explicar a ligação do vírus com a microcefalia, mas ainda são necessários novos estudos para demonstrar claramente o nexo de causa e efeito", explicou o neurólogo da Johns Hopkins University Guo-Li Ming.   

Além disso, os estudiosos ressaltam que a pesquisa foi realizada com células criadas em laboratório, portanto, ainda não se pode afirmar que os mesmos resultados sejam identificados nas células cerebrais dos fetos. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos