Sanders vence Hillary em caucus no Maine

WASHINGTON, 07 MAR (ANSA) - O senador de Vermont, Bernie Sanders, venceu o caucus democrata no Maine, em pleito realizado neste domingo (06). Com 91,1% dos votos computados, o senador conquistou 64,3% das escolhas contra 35,5% de Hillary Clinton.   

A vitória, a oitava até o momento, foi muito comemorada por Sanders - que já havia vencido nas primárias de Nebraska e do Kansas no sábado (05).   

"Com outra vitória de dois dígitos, nós ganhamos espaço nos estados periféricos. Neste fim de semana, sozinhos, nós vencemos no Maine, Kansas e Nebraska. Os especialistas podem não gostar, mas as pessoas estão fazendo história. Nós temos o momento para ir com tudo para a Convenção Nacional dos Democratas em Filadélfia", disse Sanders em um agradecimento se referindo à escolha final do partido entre os dias 25 e 28 de julho.   

Segundo a mídia local, a afluência de eleitores democratas nos locais de votação foi tão alta que foi necessário imprimir mais cédulas eleitorais e grandes filas foram vistas nos postos de eleição.   

Apesar desses estados somados não terem uma grande quantidade de delegados, são um ponto de retomada de força após as vitórias de Hillary na Super Terça, ocorrida no dia 1º de março. A conquista do senador ainda acirrou os debates entre ele e a ex-secretária de Estado, que voltaram a bater boca publicamente sobre as soluções para as políticas econômicas.   

Atacando o fato de sua proximidade com Wall Street, Sanders afirmou que Hillary vai preferir defender os acionistas da Bolsa de Valores do que a classe média. Por sua vez, a pré-candidata disse que se as políticas propostas pelo senador forem implantadas "a indústria automobilística, por exemplo, irá entrar em colapso e causará a perda de quatro milhões de empregos".   

Até o momento, segundo o site "Politico", Hillary já tem 1.130 delegados contra 499 de Sanders. Para ser escolhido pelos Democratas para a disputa presidencial será preciso ter 2.383 delegados.   

- Rubio vence em Porto Rico: O senador da Flórida Marco Rubio venceu as primárias em Porto Rico neste domingo (06) e conquistou os 23 delegados locais para a disputa. Mesmo com o número baixo de delegados conquistados, a vitória pode dar um impulso para o senador nas primárias da Califórnia, que reúne a segunda maior população porto-riquenha nos Estados Unidos.   

O político foi o único candidato da corrida presidencial a visitar o território norte-americano que, apesar de participar do processo eleitoral, não têm direito a voto nas eleições gerais.   

Na corrida republicana, Donald Trump tem 384 delegados, Ted Cruz tem 300, Marco Rubio tem 151 e John Kasich tem 37. Para ser escolhido pelos Republicanos, o pré-candidato precisa conquistar 1.237 delegados do partido.   

Para esta terça-feira (08), estão programadas as primárias democratas e republicanas em Michigan e Mississippi e os caucus republicanos no Havaí e em Idaho. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos