Aos 78 anos, morre ex-presidente do Brescia Gino Corioni

BRESCIA, 08 MAR (ANSA) - Morreu nesta terça-feira (08), aos 78 anos, o ex-presidente do Brescia Gino Corioni. A causa da morte não foi informada pelos familiares. Corioni foi dono da equipe por 22 anos, tendo comprado o time em 1992 e deixando-a ao fim da temporada de 2014, com comissários do banco UBI, e atuou como presidente entre os anos de 1985 e 1992.   


Sob sua presidência, diversos grandes jogadores do futebol italiano e mundial, como Roberto Baggio e Pep Guardiola, atuaram no clube. O ex-atacante italiano manifestou-se com a morte do dirigente e lembrou bons momentos durante o ano em que atuou na equipe, em 2000.   


"É um dia triste. Mas, tenho certeza, pelo bem que Gino Corioni fez ao Brescia e pelo amor unido a uma competência rara no futebol, que ele vai para o paraíso e lá irá organizar um time de futebol. Como dizia Gino, tendo feito tantos erros, no paraíso ele faria menos", ressaltou Baggio.   


Um dos maiores adversário, o Bologna emitiu uma nota lamentando o falecimento do cartola e lembrou da arrancada da equipe da segunda divisão do futebol italiano até conseguir uma vaga na então Copa da Uefa. "Todos do Bologna FC estão próximos à família em uma lembrança de um empreendedor e homem do esporte", emitiu em nota.   


Corioni era o presidente da equipe quando ela subiu para a primeira divisão, na temporada 1987/1988. Duas temporadas mais tarde,os rossoblù conquistaram a qualificação para a competição europeia - que hoje se transformou na Liga Europa. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos