Mais um caso de zika é confirmado na Itália

VENEZA, 9 MAR (ANSA) - Um novo caso de zika foi registrado na Itália, na região de Veneza. Trata-se de um homem de 41 anos que retornou recentemente da República Dominicana.   

Ele chegou a ser hospitalizado, informaram autoridades sanitárias da região, e após receber tratamento, foi mandado para casa, onde se recupera. Ele passa bem.   

Após passar férias no país centro-americano, no final de fevereiro, o paciente voltou para casa se queixando de dores nas articulações, musculares e manifestando manchas na pele.   

Ele procurou ajuda médica no último dia 27, quando foi diagnosticado com a infecção pelo vírus.   

A Itália já registrou outros casos de contaminação, todos ligados a pessoas que viajaram para países afetados pelo surto.   

Muitos deles apresentaram os sintomas da contaminação após viajar pelo Brasil. EUA - Em Houston, no estado norte-americano do Texas, a sexta contaminação pelo zika foi confirmada pela imprensa local.   

Trata-se de uma mulher que passou férias recentemente em El Salvador.   

O vírus já atingiu ao menos 22 países, em sua maioria na América Latina, onde as condições são favoráveis para o mosquito Aedes aegypti, seu principal transmissor. A zika vem preocupando as autoridades mundiais por conta de suas graves consequências, como a microcefalia e a Síndrome de Guillain-Barré, que pode ser fatal. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos