Jovem sul-africano pode ter encontrado destroço do MH370

JOHANESBURGO, 11 MAR (ANSA) - Um adolescente sul-africano pode ter encontrado mais um pedaço dos destroços do Boeing 777 do voo MH370 da Malaysia Airlines, que desapareceu no dia 8 de março de 2014 com 239 pessoas à bordo.   

Liam Rotter, de 18 anos, achou um pedaço de metal curvo com cinco números incisos que pode pertencer ao avião da companhia no dia 30 de dezembro do ano passado enquanto passava as férias em um resort perto da cidade de Xai Xai, em Moçambique, onde uma suposta parte da aeronave já foi encontrada.   

Acreditando que não fosse nada de muito importante, o jovem levou o destroço para casa. No entanto, quando foi anunciado que uma outra peça tinha sido encontrada na região, a mãe de Rotter decidiu contactar as autoridades australianas sobre o achado. A nova parte será transportada para a Austrália, onde será analisada.   

O Boeing 777 partiu de Kuala Lumpur, na Malásia, com destino a Pequim, na China, com 239 pessoas a bordo na madrugada do dia 8 e, simplesmente desapareceu cerca de uma hora após a decolagem.   

Desde então, lideradas pela Austrália, equipes de buscas analisam mais de 120 mil quilômetros quadrados no Oceano Índico tentando dar uma resposta ao mistério. Porém, esse trabalho pode ser encerrado em julho deste ano sem apresentar respostas.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos