Trump cancela comício em Chicago por protestos violentos

WASHINGTON, 12 MAR (ANSA) - O líder da corrida presidencial republicana, Donald Trump, se viu obrigado a cancelar um comício na noite desta sexta-feira (11) por causa dos protestos violentos que ocorriam ao redor do local do evento.   

Manifestantes pró e contra o magnata trocavam ameaças e três pessoas ficaram feridas, segundo a mídia norte-americana.   

"Após uma reunião com autoridades policiais, Trump determinou que, pela segurança das centenas de milhares de pessoas, o comício de hoje será adiado para outra data. Muito obrigado por sua presença e, por favor, saiam em paz", informou em nota os organizadores da campanha do republicano.   

Do lado de fora do Pavilhão Chicago da Universidade de Illinois, era possível ouvir grande parte dos manifestantes gritando em prol do pré-candidato democrata Bernie Sanders. Segundo Trump, em entrevista às emissoras de TV norte-americanas, seu direito de se manifestar foi "violado" e que não se pode mais realizar comícios em paz pelo clima acirrado no país. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos