Chance de Lula virar ministro derruba bolsa e dispara dólar

SÃO PAULO, 15 MAR (ANSA) - Os rumores cada vez mais fortes de que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da silva deve assumir um ministério dentro do governo de Dilma Rousseff e o clima de instabilidade política estão tendo um efeito negativo no mercado financeiro.   


Existe o medo de que, de volta ao governo, Lula impeça o impeachment da presidente, cuja medidas econômicas são vistas com maus olhos por investidores.   


A possibilidade do petista ingressar na gestão Dilma agitou os mercados e investidores, além de fazer o dólar voltar a subir após quedas consecutivas nos dias anteriores, batendo a marca de R$ 3,75, uma valorização de mais de 2,75%, às 13h45. Nesta terça-feira, a Ibovespa opera em queda de 4,40%, com 46.716 pontos, também às 13h45, sendo que mais de dez das 61 ações negociadas na Bolsa de Valores chegaram a registrar quedas de mais de 7%. O Banco do Brasil caiu 16%, com suas ações negociadas a negociadas a R$ 18,50, enquanto a também estatal Petrobras desabou 10%.   


O jornal "O Globo" publicou, citando como fontes amigos próximos do ex-presidente, que ele avisou ontem, dia 14, que decidiu aceitar o convite de Dilma para voltar ao governo como ministro.   


Assumindo como responsável de uma pasta, Lula ganha foro privilegiado para responder pelos processos judiciais e pelo pedido de prisão preventiva por lavagem de dinheiro e falsidade ideológica. Ou seja, caso aceite cargo, ele será julgado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), saindo do âmbito do juiz Sérgio Moro. Além disso, um eventual processo ganharia celeridade. O líder petista é investigado por lavagem de dinheiro e falsidade ideológica por conta da suposta ocultação de um apartamento triplex no Guarujá (SP) que está em nome da empreiteira OAS. No dia 4, o ex-presidente Lula foi levado coercitivamente para depor no âmbito da 24ª fase da Operação Lava Jato. Em paralelo à operação, o Ministério Público de São Paulo expediu na última quinta-feira, dia 10, um mandado de prisão preventiva contra ele. Os episódios causaram a queda do dólar.   


Além do foro privilegiado, como ministro Lula ajudaria na articulação do governo. Dentro do governo Dilma, ele teria a responsabilidade de atuar nos bastidores para barrar um processo de impeachment contra a presidente. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos