Com maioria muçulmana, Albânia constrói busto do Papa

TIRANA, 15 MAR (ANSA) - A cidade de Tirana, capital da Albânia, ergueu hoje (15) um busto do papa Francisco para relembrar a visita do líder da Igreja Católica ao país, em setembro de 2014.   

A decisão de fazer a obra foi tomada por unanimidade pelo Conselho Comunal de Tirana, apesar da Albânia ter uma população majoritariamente muçulmana. Líderes políticos e de outras religiões participaram da cerimônia para a entrega do busto do Papa, inclusive o presidente Bujar Nishani, que aproveitou a ocasião para agradecer Francisco pela canonização de Madre Teresa de Calcutá, que tem origem albanesa e macedônia. "Será uma das datas mais importantes da história da Albânia", disse o mandatário. O Vaticano confirmou hoje que a cerimônia de canonização de Madre Teresa ocorrerá no próximo dia 4 de setembro, em Roma. O busto de Francisco foi erguido próximo do edifício "Pirâmide", no centro de Tirana e construído durante o regime comunista em homenagem ao ex-líder Enver Hoxha, que nos anos 1960 impôs o ateísmo de Estado. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos