Prefeito de Berlim diz que explosão 'não é terrorismo'

BERLIM, 15 MAR (ANSA) - O prefeito de Berlim, Michael Muller, afirmou que a explosão de um carro na cidade nesta manhã (15) "não se trata de um atentado de natureza terrorista ou política, mas um ataque contra uma pessoa e a um automóvel". A Procuradoria da capital alemã confirmou a informação que o homem, que tem 43 anos e que faleceu no incidente, tem origem turca e é conhecido "há muito tempo" da polícia de Berlim por crimes ligados à drogas, jogos de azar e impressão de notas de dinheiro falsas. Ele havia sido preso pela última vez em 2008.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos