Assembleia aprova plano com mudanças para economia da China

PEQUIM, 16 MAR (ANSA) - A Assembleia Nacional Popular (ANP) da China aprovou hoje (16) o plano econômico quinquenal do país (2006-2020), que prevê a meta de um crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) entre 6,5% e 7%. O principal destaque no plano, que recebeu o apoio de quase três mil delegados parlamentares, é a intenção de Pequim de transformar a economia de um modelo baseado em exportação e manufatura para um orientado a serviços e consumos. Em uma coletiva de imprensa logo após a reunião da ANP, o primeiro-ministro chinês, Li Keqiang, garantiu que não existem motivos que impeçam a China de "atingir a meta de crescimento", como especularam analistas, que suspeitam que o gigante asiático estaria entrando em fase de desaceleração. A meta entre 6,5% e 7% de crescimento foi a primeira que Pequim adotou com uma banda percentual. No ano passado, a economia do país ficou em 6,9%, o menor índice dos últimos 25 anos. Em uma fala de quase duas horas, o premier também prometeu que seguirá adiante com o programa de reestruturação dos mercados financeiros e dos setores econômicos dominados por empresas estatais. "Continuaremos promovendo reformas abertas e orientadas ao mercado", disse. Mas Li reconheceu que um dos desafios é controlar a dívida pública, a qual encerrou o ano passado em 2,3% do PIB e que pode chegar a 3% em 2016, e a liquidez bancária. O premier, porém, disse que a situação ainda pode ser gerenciada, já que Pequim detém grandes reservas financeiras. "Estamos ainda em uma boa posição para evitar os riscos ligados à dívida", disse Li. "A China "não fará uma aterrissagem brusca na economia e que lidará com a volatilidade dos mercados". (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos