Busca por suspeitos de ligação ao EI na Bélgica continua

BRUXELAS, 16 MAR (ANSA) - Uma ação policial antiterrorismo em Bruxelas, na Bélgica, entrou em seu segundo dia hoje, 16, informaram as autoridades locais. Duas pessoas foram presas e outras duas conseguiram fugir durante a operação, que teve início na manhã de ontem. Eles são suspeitos de ligação com os atentados de novembro em Paris, que deixaram 130 mortos e dezenas de feridos, reivindicados pelos jihadistas Estado Islâmico (EI, ex-Isis).   

Até o momento, a operação deixou três policiais belgas e um francês feridos, além de um suspeito de ligação ao grupo morto.   

Ele foi identificado como Belcaid Mohammed um homem nascido em 1980 de origem argelina que se encontrava de forma ilegal na Bélgica.   

A morte foi registrada durante um tiroteio no bairro de Forest, em Bruxelas, nesta terça-feira (15), informam fontes da polícia.   

No local foi encontrada uma bandeira do EI e armas.   

O bairro é próximo a Moleenbeek, local considerado "reduto" de extremistas islâmicos que realizaram os atentados em Paris. As operações antiterrorismo continuam na região de Sint-Pieters-Leeuw, apontaram autoridades locais sem dar mais detalhes. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos