Corte de Milão condena filho de Berlusconi

MILÃO, 17 MAR (ANSA) - A Corte de Apelação de Milão considerou o filho do ex-premier italiano Silvio Berlusconi, Piersilvio, e o presidente da empresa Mediaset, da família Berlusconi, Fedele Confalonieri, culpados das acusações de fraude fiscal em um processo que ficou conhecido como "Mediatrade". Ambos foram sentenciados nesta quinta-feira, dia 17, a 14 meses de prisão.   

Mais informações em breve. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos