Maioria dos norte-americanos quer fim do embargo a Cuba

SÃO PAULO, 21 MAR (ANSA) - Uma pesquisa realizada nos Estados Unidos mostrou que, para 55% dos norte-americanos, está na hora do Congresso do país por fim ao embargo econômico a Cuba.   

Os dados foram revelados por um levantamento feito pela CBS News/New York Times Pool nesta segunda-feira (21). Segundo a enquete, apenas 27% dos norte-americanos são contra o fim do bloqueio e 18% afirmaram que não sabiam opinar sobre o tema. O embargo econômico, que existe desde a década de 1960, não pode ser revogado por um decreto presidencial. Mas, precisa ser aprovado pela maioria dos parlamentares do Congresso.   

Atualmente, a Casa tem maioria republicana, que é abertamente contra o fim do bloqueio.   

Para efeito de comparação, os pesquisadores informaram que uma pesquisa realizada em 1977 pela Gallup, com as mesmas perguntas, mostrava que 53% dos norte-americanos desejavam a normalização das relações democráticas.   

O estudo divulgou ainda que 55% dos entrevistados se disseram a favor da retomada das relações diplomáticas entre ambas as nações e que 52% aprovam a política liderada pelo presidente Barack Obama com o governo cubano.   

A pesquisa foi realizada por telefone com 1.022 pessoas entre os dias 11 e 15 de março. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos