Em testamento, Eco veta eventos sobre ele por 10 anos

BOLONHA, 22 MAR (ANSA) - Nenhuma palestra, reunião ou evento sobre Umberto Eco poderá ser ser realizado nos próximos 10 anos.   


Este é o pedido póstumo do escritor e filólogo italiano que faleceu no dia 19 de fevereiro deste ano.   


Em seu testamento, o professor pede para que não sejam organizados ou promovidos dias de estudo sobre suas obras e seus pensamentos, o que ele mesmo já tinha dito para seus estudantes, mas que até o momento era entendido como uma piada.   


Sua mulher, Renate, também ressaltou que o pedido de Eco deve ser respeitado e falou sobre ele com a semióloga Patrizia Violi, que ajudou a disseminá-lo e impediu que uma reunião sobre o italiano acontecesse na Scuola Superiore di Studi Umanistici, em Bolonha, no último sábado, dia 19.   


Segundo o jornal "La Repubblica", os estudantes do escritor têm a intenção de respeitar a vontade do estudioso, não organizar dias especiais sobre ele e nem participar de projetos já organizados. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos