Com 30 milhões de usuários, Spotify pode chegar a Cuba

ROMA, 23 MAR (ANSA) - O Spotify, o primeiro e o maior serviço de streaming de música do mundo, atingiu a marca de 30 milhões de usuários pagantes e acredita que está pronto para entrar em novos mercados, como Cuba.   


A notícia foi anunciada pelo CEO e co-fundador da empresa sueca, Daniel Ek, na sua conta do Twitter. "Nós temos 30 milhões de usuários no @Spotify, mas nenhum deles é de Cuba...ainda. É tão legal que Cuba esteja se abrindo", escreveu Ek.   


Há três dias do início da histórica visita do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, ao país latino, a possibilidade da entrada da plataforma de música em Cuba só explicita mais as mudanças políticas e econômicas assumidas pela nação nos últimos anos e que puderam ser vistas, por exemplo, com a chegada de empresas como Airbnb e Netflix.   


A sociedade havia anunciado em junho do ano passado que tinha ultrapassado os 20 milhões de assinantes, sendo assim, a companhia conseguiu 10 milhões de novas contas pagas em apenas nove meses.   


Para o Spotify, criado na Suécia em 2008, a quantidade de usuários continuará crescendo graças à entrada da sociedade em novos mercados asiáticos. No próximo dia 30 de março, por exemplo, a plataforma poderá ser acessada na Indonésia, país com a quarta maior população do planeta. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos