Na Argentina, Obama elogia governo de Macri

BUENOS AIRES, 23 MAR (ANSA) - O presidente norte-americano, Barack Obama, disse hoje, dia 23, que seu país "está pronto para trabalhar com a Argentina durante essa transição histórica", elogiando o colega Mauricio Macri, e confirmou a desclassificação dos arquivos da ditadura (1976-1983).   

"A Argentina está retomando seu papel de liderança na região e no mundo", acrescentou, em coletiva de imprensa na Casa Rosada. Obama ainda disse estar "impressionado" com o governo de Macri, que recentemente completou 100 dias. Segundo ele, o interesse do líder argentino "na reforma econômica, na transparência", entre outros aspectos, deve ser "um exemplo para outros países" da região.   

Obama ainda lamentou que Macri tenha assumido a Presidência apenas quando ele tem poucos meses restantes à frente da Casa Branca.   

A relação bilateral sofreu durante o governo de Cristina Kirchner, de orientação progressista, que se afastou dos Estados Unidos. Macri, que assumiu o Poder em dezembro do ano passado, tomou diversas medidas de austeridade, levantando elogios do Fundo Monetário Internacional (FMI). Obama declarou recentemente, em entrevista à emissora "CNN", que, com Cristina, "tínhamos uma relação cordial, mas, no que diz respeito a suas políticas, era sempre contrária aos Estados Unidos". O líder argentino, por sua vez, quer se reaproximar de Washington, assim como de outros países, a fim de captar investimentos estrangeiros e tentar tirar a nação da atual crise econômica.   

Ditadura - Obama ainda disse que amanhã, durante ato que homenageará as vítimas da última ditadura militar no aniversário de 40 anos do golpe, reconhecerá "os esforços históricos" daqueles que "com heroísmo e coragem" se opuseram a violações aos direitos.   

Ele ainda confirmou a abertura de "novos arquivos de documentos" sobre a ditadura de registros militares e de Inteligência. Macri, por sua vez, disse que os argentinos "estão muito agradecidos por este gesto". "Temos o direito de conhecer a verdade", acrescentou. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos