Percurso entre edifícios históricos de Gênova será reaberto

ROMA, 1 ABR (ANSA) - Entre glicínias centenárias e achados arquitetônicos do século 14, nasce um magnífico jardim que liga o Palazzo Bianco e o Palazzo Doria Tursi, na famosa rua Strada Nuova, em Gênova. O percurso entre os dois edifícios está na fase final de preparos e só será inaugurado ao público em maio durante o evento Rolli Days.   


No entanto, a ANSA fez uma visita exclusiva ao local e agora mostra o que poderá ser feito e visto daqui a quase dois meses, como os vestígios da igreja de San Francisco di Castelletto e elementos arquitetônicos que exaltam a Gênova medieval.   


"A cidade de certo modo se reconquista e redescobre, por que tinha, mas não sabia que tinha, a história de um dos maiores prédios sagrados da Idade Média como o San Francesco da Castelletto. Não é por acaso que o rei Henrique VII de Luxemburgo quando enterrou a sua mulher o fez exatamente neste lugar da [Strada Nuova] nascendo assim o monumento fúnebre de Margherita di Brabante feito por Giovanni Pisano", disse o diretor dos Museus de Strada Nuova, Piero Boccardo.   


Com a abertura do novo percurso expositivo, do Palazzo Bianco, que reúne obras de arte do século 15 ao 17, os visitantes passam por um vão inteiramente de vidro, parecido com um jardim de inverno, por onde podem admirar os arcos da nave da esquerda da antiga igreja de San Francisco que ainda existem e os pedaços de mármore e lápides que eram do antigo convento.   


Depois, os turistas podem descer para o corredor que liga os dois edifícios repleto de painéis explicativos e de fragmentos encontrados em escavações arqueológicas na área para ter uma ideia de como era o complexo medieval. O trajeto termina em uma área de escavações onde foram encontrados alguns dos vãos sepulcrais que foram destinados aos freis franciscanos adjacentes à área sacerdotal da igreja.   


Antes de entrar no Palazzo Tursi também se pode ir ao jardim superior, um dos pouco jardins históricos ainda existentes na Strada Nuova. A igreja e o convento de San Francesco di Castelletto, construídos a partir de 1255, foram demolidos nos primeiros anos do século 19. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos