YSL anuncia saída do diretor de criação Hedi Slimane

MILÃO, 01 ABR (ANSA) - Após constantes rumores, a marca Yves Saint Laurent confirmou a saída de seu diretor de criação, Hedi Slimane, nesta sexta-feira (01).   


"Aquilo que a YSL realizou nos últimos quatro anos permanecerá como um capítulo único na história da maison. Sou muito agradecido a Hedi Slimane e a toda a equipe da Yves Saint Laurent por ter traçado este caminho que a grife percorreu com sucesso e que garantirá a longevidade a essa marca lendária", informou em comunicado o presidente e diretor-geral do grupo Kering, François-Henri Pinault.   


Desde março de 2012, quando assumiu o posto de diretor criativo no lugar do italiano Stefano Pilati, Slimane promoveu uma "reforma holística" no grupo, que o levou para uma época de mais modernidade e autoridade na moda, mantendo viva e respeitando a visão original de seu fundador.   


O estilista francês de 47 anos deixou, sem sombra de dúvidas, sua marca na YSL tanto na questão econômica, com o dobro de ganhos financeiros neste período, como nos níveis de estilo, impondo uma pegada mais "rock'n'roll" para um dos símbolos da elegância da França.   


A nova organização criativa para uma das grifes mais importantes do mundo será anunciada "em breve", segundo o comunicado da empresa. Segundo rumores do mundo da moda, a direção poderá ser assumida pelo belga Anthony Vaccarallo enquanto Slimane deve substituir Raf Simons - que dirige a Dior. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos